25-27 octubre 2017
Dos Sedes: Aulario "José Luis Massera" / Aulario Área Social y Artística
UTC timezone
Están disponibles las plantillas para presentaciones orales y pósteres :: Cronograma Final Disponible
Inicio > Timetable > Session details > Contribution details

Contribution Presentación oral

Sujetos contemporáneos, aprendizaje y comunicación

Trajetórias de estudantes de pedagogia e estágio curricular: em breve professora

Oradores

Autores principales

Coautores

Contenido

O presente trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa que analisou a trajetória de quatro estudantes de um curso de Pedagogia de uma universidade pública brasileira e a relação estabelecida entre as origens sociais, a escolha profissional e o estágio curricular. As análises das trajetórias basearam-se na perspectiva sociológica de Bourdieu (2013), com destaque para os conceitos de trajetória social, habitus, capital cultural, capital social e capital econômico. Foram realizadas, conforme Laville e Dionne (1999), entrevistas semidiretivas contemplando a trajetória social, com destaque para o percurso escolar (até o nível superior) e o estágio curricular. O roteiro de entrevista foi baseado em Muzzeti (1997). Dentre os resultados obtidos, há a ocorrência de algumas regularidades no grupo pesquisado: i) os quatro agentes são provenientes de escolas públicas; ii) concluíram o ensino médio aos 17 anos de idade e ingressaram em um curso superior logo após a conclusão do ensino médio; iii) os pais exercem atividades profissionais com baixa ou nenhuma qualificação profissional; iv) constituem a primeira geração da família a frequentar o ensino superior em uma universidade; v) atribuem a escolha pelo curso aos professores que tiveram no decorrer do percurso escolar e de terem atuado, anteriormente a escolha do curso, em atividades com crianças junto as igrejas de que eram membros; vi) durante o estágio curricular as quatro estudantes puderam vivenciar e experienciar a prática profissional e pedagógica por meio da aplicação de um projeto de intervenção em sala de aula; as estudantes ressaltaram tal experiência como uma oportunidade de aplicação do que aprenderam durante o percurso acadêmico. A partir dos resultados, destaca-se como fatores preponderantes em optar pelo curso de Pedagogia deve-se, principalmente, as experiências anteriores com o ensino (religioso) de crianças, bem como ao incentivo de familiares e professores. Ressalta-se também que, o estágio supervisionado realizado durante o percurso universitário constitui-se de requisito fundamental na formação dessas futuras professoras, contribuindo para a escolha do campo profissional que irão atuar.

Palavras – chave: Trajetória social, Estudantes de Pedagogia, Escolha da carreira profissional.

Bibliografía: BOURDIEU, P. (2013). Os três estados do capital cultural. In. NOGUEIRA, M. A.; CATANI, A. (Org.). Escritos de Educação. Rio de Janeiro: Vozes. LAVILLE, C.; DIONNE, J. (1999). A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: ARTMED. MUZZETI, L. R.(1997). Trajetória social, dote escolar e mercado matrimonial: um estudo de normalistas formadas em São Carlos nos anos 40. Tese doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, Brasil.